Essa da agência de risco sobre a Índia é demais



Essa da agência de risco sobre a Índia é demais


Parece piada, mas é chantagem e pressão para manter a Índia no modelo
de economia liberal esta ameaça da agência de risco Standard & Poor's
(a S&P) de retirar do país seus ratings de grau de investimento (de
BBB de longo prazo e A-3 de curto prazo com perspectiva negativa) por
causa do lento crescimento do PIB indiano e de "barreiras políticas"
constantes de suas opções econômicas.

Em relatório que acaba de ser divulgado a S&P não titubeia na
profecia: "A Índia será o primeiro anjo caído dos BRICS" (o grupo de
países emergentes formado por Brasil, Índia, Rússia, China e Africa do
Sul).

No documento a agência condiciona: a reação do governo indiano ao
crescimento mais lento e sua vulnerabilidade maior a choques
econômicos podem determinar, em grande parte, se o país manterá o
rating de grau de investimento.

Agências foram cúmplices no desastre econômico-financeiro

"Contratempos ou mudanças no caminho da Índia em direção a uma
economia mais liberal poderia afetar as perspectivas de longo prazo de
crescimento e, portanto, sua qualidade de crédito", reforçou Joydeep
Mukerji, um dos analistas de crédito da S&P.

No tal relatório eles insistem que a perspectiva negativa quanto ao
futuro econômico do país decorre do risco das autoridades indianas não
conseguirem reagir a choques econômicos de forma rápida e decisiva o
suficiente para manter a atual credibilidade do país.

Francamente, essa sobre a Índia é demais! É.repito, chantagem e
pressão para mantê-la no modelo da economia liberal. Ou seja, na
direção do desastre. Devíamos banir e proibir essas agências em nossos
países.

Elas foram cúmplices de todo tipo de fraude e crime do sistema
financeiro revelados na crise de 2008-2009, mas continuam atuando.Como
se nada tivesse acontecido. Até quando? Em nome de quais interesses?
.