A economia brasileira vive um boom, segundo a FGV. (O PiG discorda.) Bye-bye Serra 2010



Após crise, Brasil está na fase de ‘boom’, diz FGV

Índice de Clima Econômico alcançou 7,4 pontos em outubro.
Pontuação supera a dos demais países da América Latina e dos Bric.


Impulsionado por uma melhora nas expectativas, o clima econômico na
América Latina melhorou entre julho e outubro, de acordo com a
Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice de Clima Econômico (ICE),
feito em parceria com Institute for Economic Research at the
University of Munich (Instituto Ifo), alcançou 5,2 pontos, superando,
pela primeira vez desde janeiro de 2008, a média dos últimos dez anos,
de 5,1 pontos.

“A situação atual ainda é considerada desfavorável, mas as
expectativas melhoram e continuam apontando para um cenário positivo”,
aponta a FGV.

De acordo com a pesquisa, o Brasil se destaca: entre os países da
América Latina, tem o maior índice de clima econômico (7,4 pontos) e
os maiores indicadores de situação atual (4,3) e expectativas (8,4).
“Na sondagem atual, de outubro, Brasil, Peru e Uruguai passaram para a
fase de ‘boom’”, destaca a Fundação em nota.

A sondagem também coloca o Brasil na frente entre os países que
compõem o Bric: na Índia, o ICE ficou em 7,0 pontos; na China, de 6,5.
Na Rússia, único país do bloco que ainda não está em recuperação, esse
indicador ficou em 4,7 pontos.

.


Quantcast