Re: A Red Bull a bebida da morte



MacArtista,

O ecstasy, quando foi inventado pelos cientistas, era remedio de
depressão que ativava as sinapses da serotonina. Mas isso ativou
muito, neguinho ficava feliz demais, ficava afim de fazer amor. Então,
essa droga, que não chegou a ser aprovada, fugiu do laboratorio e
virou a droga do amor. Tomavam na boite para ficar com tesão e trepar
gostoso. Era uma droga que não fazia mal nenhum.

Porém, hoje, fazem um monte de merda com sal de anfetamina e o
caralho, coisa que só deus sabe, e depois dizem que é ecstasy. Eu que
não tomo essa merda. Só tomo se for na Holanda.

A mesma coisa acontece com o LSD. O verdadeiro LSD, se tomado uma vez
por ano, num dose baixa, isso não faz mal nenhum. O bom LSD dá uma
sensação de felicidade indescritivel. Neguinho tem crise de gargalhada
que dura horas. Depois tem sensações fantasticas e até visões de
fractais, santos e etc.

O LSD verdadeiro que eu tomei foi na California. Esse foi feito pelo
pai de uma amiga minha, um cientista maluco, professor universitário e
ex-hipponga dos anos 60. Era acido liquido, purissimo. Tomei um "zé
gotinha" e fomos para uma festa de hippie nas montanhas. Tinha altas
gatas, Grateful Dead na vitrola e muita paz e amor. Foi uma maravilha
inesquecivel. Nunca me arrependerei disso. Foi um milhão de vezes
melhor do que passar nausea e tonteira com cerveja e cachaça.

Porém, hoje em dia, esses acidos tupiniquins que rolam por aí, de LSD
isso não tem nada. Tambem é pura anfetamina.

A mesma coisa é a cocaina. A cocaina pura é um anestésico. A xilocaina
é feito da coca. Mas os traficantes misturam anfetamina, para
compensar a dormencia. Depois ainda colocam cerol, pó de marmore e/ou
soro fisiologico em pó. Então vira essa farinha que vendem no morro.

A anfetamina deixa neguinho travado, tenso, angustiado e agitado. Isso
acontece porque a anfetamina mexe nas sinapses da adrenalina. É a
anfetamina, devido a alta produção de adrenalina que isso provoca, que
acelera e fode o coração. Isso é que dá aritmia, taquicardia,
palpitação e até ataque cardiaco.

Portanto, é possivel haver uma especie de anfetamina no RedBull. Pelo
que o SS está falando, aí tem coisa mais forte que uma simples cafeina
(o que seria uma forma de anfetamina natural).


On 20 set, 10:35, MBocciaMcArt <MBocciaMc...@xxxxxxxxx> wrote:
PS:
- Em carnavais costumo ir aa praia de Maresias e
Busius, - Vc nem imagina a VENDA MASSIVA do
comprimido EXTASY por la, - TEM até
VANS com estrelas-belas saindo das VANS: e
distribuindo GRATIS comprimidos do tal, antes das
festas, E OS tais carros teem EMBLEMAS e LOGS
de pintura SUPER, do lado de fora PINTADAS por artistas
de publicidade MAX; e as VANS estao nas portas de entrada e saida dos
bailes de carnaval : VENDENDO
a tal droga, que os jovens desconhecem ainda os
efeitos colaterais, mas que certamente muitos cientistas
das drogas ja tentaram alardear de que É MAIS prejudicial que a
cocaina e aquelas do Oriente;

E... veja : ** NAO ha policia local, nem do NARCOTRAFICO em tais
bailes **, onde as VANS fazem PONTO ( na Entrada e Saida ) . TUDO
LIVRE .

On 16 set, 07:15, Gafa <enerval...@xxxxxxxxxxx> wrote:

PG,

Pensei que o Red Bull fosse feito com cafeina. É verdade que a cafeina
provoca overdose. Há pouco tempo, li no jornal sobre o caso de uma
mulher que sofreu overdose de café. Isso causa aritmia cardiaca,
nauseas, tremedeira e etc, podendo até levar a morte.

Deste modo, poderiamos dizer que o café e Red Bull são até mais
perigosos que a maconha, pois a "erva maldita" não causa overdose
nenhuma.

On 15 set, 11:55, Paulo Gaeta <paulog...@xxxxxxxxx> wrote:

Esta bebida esta venda em todos os supermercados e nossos jovens
podem consumi-la para provar e ISSO PODE SER MORTAL.

A RED BULL foi criada para estimular o cerebro de pessoas submetidas a
um grande esforço fisico e em "coma de stress". NUNCA PARA SER
CONSUMIDA COMO UMA BEBIDA INOCENTE
OU REFRESCANTE.

A RED BULL é uma BEBIDA ENERGIZANTE comercializada a nível mundial com
o slogan:
'Aumenta a resistência fisica, agiliza a capacidade de concentração e
a velocidade de reação, dá mais energia e melhora o estado de animo."
Tudo isso pode ser encontrado numa latinha de RED BULL, "a bebida
energética do milênio."

A RED BULL conseguiu chegar a quase 130 países de todo o mundo com uma
faturamento anual acima de 21 BILHÕES de EUROS na venda de 3 bilhões
de latas. Os jovens e o desporto foram os símbolos eleitos pela marca
para caracterizar a sua imagem, dois segmentos atrativos que foram
cativados pelo estímulo causado pela bebida.

Foi criada por Dietrich Mateschitz, um empresário de origem Austríaca,
que a descobriu por acaso, durante uma viagem de negócios a Hong Kong,
quando trabalhava para uma empresa fabricante de escovas de dentes.

Uma lata de 250ml, contem 20 gramas de açucar, 1000 mg de Taurina,
600mg de glucuronolactona, 80 mg de cafeína, e vitaminas do complexo
B.

MAS A VERDADE DESSA BEBIDA É OUTRA...

A França e Dinamarca acabam de proibi-la por se tratar de um cocktail
da morte, devido ao seus componente de vitaminas misturadas com
glucuronolactona, quimica altamente perigosa,
que foi desenvolvida pelo Dpto. de Defesa dos USA na década de 60 para
estimular o moral de tropas americanas no VIETNAM. SEUS EFEITOS ERAM
COMO DE UMA DROGA ALUCINÓGENA QUE ACALMAVA O STRESS DA GUERRA.
Entretanto seus efeitos no organismo dos soldados foram devastarores-
alto ídice de enxaquecas, tumores cerebrais e doenças do fígado.

Apezar de tudo, na lata de RED BULL ainda se lê entre seus componentes
GLUCURONOLACTONA , catalogado medicamente como um estimulante.

Mas o que uma lata de RED BULL não diz são as consequências de seu
consumo que obriga a colocar uma série de ADVERTÊNCIAS:

É perigoso tomá-la, se em seguida, não se fizer exercício físico, já
que sua finção energizante acelera o ritmo cardíaco e PODE PROVOCAR UM
ENFARTE FULMINANTE.

O risco de se sofrer uma hemorragia cerebral, porque o RED BULL contém
componentes que diluem o sangue, para que seja mais fácil o coração
bombear.

É proibido misturar RED BULL com ácool, porque a mistura se transforma
numa BOMBA MORTAL que ataca diretamente o fígado levando a zona
afetada a uma incapacidade de se regenerar.

Um dos componentes principais da RED BULL é a vitamina B12, utilizada
em medicina para recuperar pacientes em coma etílico, daí o estado de
excitação que se fica após toma-la.

O consumo regular de RED BULL provoca uma série de doenças nervosas e
neuronais irreverssíveis.

CONCLUSÃO:

A RED BULL devia ser proibida em todo o mundo , como já está sendo em
alguns países, pois se desavisadamente ou intencionalmente misturada
ao álcool se torna uma BOMBA RELÓGIO para o corpo humano,
principalmente entre adolescentes e adultos que desconheçam os efeitos
letais da bebida.- Ocultar texto entre aspas -

- Mostrar texto entre aspas -


.